quinta-feira, 17 de abril de 2014

Dica

 Quatro formas de economizar dinheiro no
                  
 Ecommerce




Apesar da loja virtual não depender de infraestrutura, recursos e divulgação de alto custo tanto quanto uma loja física é preciso saber como e quanto investir para garantir que o ecommerce não “morra” nos primeiros anos. Veja algumas formas de economizar e aproveite para fazer o seu planejamento financeiro:
cloud computing moip1) Computação em nuvem: A computação em nuvem é uma solução mais barata, mais flexível e sustentável para fazer a hospedagem de uma loja virtual. Os gastos com hardware, TI  e manutenção diminuem, por outro lado a agilidade e flexibilidade aumentam já que as empresas terceirizadas se responsabilizam por este trabalho. Alguns exemplos de soluções na nuvem: Zendesk, (para criação de tickets de atendimento e suporte), Salesforce, para gestão de relacionamento com o cliente, Hubspot, solução completa para marketing online, Asana (gerenciador de tarefas) e Hipchat ou Skype, ferramentas para comunicação interna. Todos com preços muito acessíveis (a partir de 1 dólar).
2)  Logística/Frete: Vale a pena avaliar alternativas para não se tornar dependente dos frete ecommercepreços e prazos de apenas uma empresa. Pesquise todas as operadoras da região e negocie valores. Muitos clientes costumam esperar um pouco mais caso o desconto no frete seja vantajoso. Outra estratégia é agrupar as entregas e fazer entregas via motoboy, por exemplo.
3) Vender pelas redes sociais: O brasileiro é um dos consumidores que mais interagem e divulgam marcas nas redes sociais. Vale a pena explorar esse ambiente com posts regulares e periódicos sobre produtos e serviços, divulgar promoções com imagens e elaborar campanhas como: “para as primeiras 100 pessoas que curtirem…”. É claro que as redes sociais costumam cobrar pelos anúncios e links patrocinados, (geralmente por clique), mas hoje já existem empresas que cobram preços bacanas para fazer a divulgação e a operação dentro das redes sociais. (http://likestore.com.br)
save money solutions4) Consultoria e gestão financeira: Existem muitas opções para quem quer se informar e aprimorar a gestão financeira da própria empresa. Algumas dicas legais:
Finanças Práticas: Programa de educação financeira que oferece conselhos práticos para consumidores e vendedores. Aborda temas como segurança nas operações da internet, fraudes nas transações com cartão entre outros.
Brasil mais competitivo: O Programa de Aceleração do Crescimento para Pequenas e Médias Empresas é uma plataforma completa de soluções empresariais, com foco em criar condições de crescimento contínuo  e acelerado para as PMEs, aumentar a competitividade no longo prazo e gerar mais empregos.
Sebrae Ecommerce: No site do Sebrae Ecommerce há informações sobre como abrir uma loja virtual, o funcionamento da logística, franquias, dicas de marketing e propaganda, gestão de produtos e pesquisas de mercado.
4) Pagamento: Para quem está começando no ecommerce o ideal é contratar uma solução de pagamento que ofereça uma combinação completa de serviços como Gestão de Risco (para prevenção de fraudes nas transações), otimização de checkout, e integração com todos os meios de pagamento (débito, crédito, boleto, etc). A adesão a esses serviços costuma ser gratuita (dependendo do tipo de negócio) e o custo para receber pagamentos gira em torno de 4,99% mais R$ 0,40 por transação bem sucedida. Consulte a tabela de preços do Moip aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário